Fale com a JF de Margem Tel: 241 634 411 Mail: geral@jf-margem.pt

Feijão da Margem em festa

Com inauguração ao final da tarde de sexta e prolongando-se por todo o dia de sábado, a iniciativa envolveu a freguesia de Margem e o próprio concelho de Gavião, que dia 19 vive a sua tradicionalíssima Feira dos Cereais em que o Feijão da Margem terá de novo papel de destaque.

 

As 4as Jornadas Gastronómicas do Feijão Frade da Ribeira da Margem alcançaram um sucesso inegável.

Com inauguração ao final da tarde de sexta e prolongando-se por todo o dia de sábado, a iniciativa envolveu a freguesia de Margem e o próprio concelho de Gavião, que dia 19 vive a sua tradicionalíssima Feira dos Cereais em que o Feijão da Margem terá de novo papel de destaque.
Depois do ambicioso projecto de recuperação do Regadio Tradicional da Ribeira de Margem, a cultura do feijão típico desta zona rejuvenesceu, e estas Jornadas gastronómicas ganharam nova dimensão.
Uma exposição mostrou o orgulho das gentes, e desde o feijão aos enchidos artesanais de Edviges Couteiro e de Florinda Teodoro, passando pelo vinho da terra, pelo mel, pelos bolos e doçaria, pelos morangos e outros produtos derivados, pelas tadicionais filhós, belhós e outras produções tradicionais ou pelo artesanato, o orgulho margengo vibrou e mostrou-se aos visitantes.

Na noite de sexta, destaque ainda para a actuação da Orquestra Ligeira “Novas Melodias”, de Monforte.
No domingo, dia grande do Feijão Frade, o mesmo desfilou na sopa e depois com bacahau assado (lascado) ou com atum, ao gosto do freguês, com os competentes acompanhamentos.
Para o presidente da Junta de Fregueia da Margem, José Manuel Praia Neves, «este é mais um evento gastronómico da Freguesia, desta vez ampliado com um certame com 20 expositores com produtos da nossa terra, desde o artesanato ao mel, aos enchidos ou ao próprio feijão, com o objectivo de atrair mais pessoas e melhor promover o nosso feijão». «Esta é uma iniciativa para continuar e aumentar em qualidade e quantidade», deixa claro o autarca que faz questão de «gradecer a todos os visitantes» e enaltecer «a colaboração indispensável da Cãmara e também o apoio da Associação Cultural e Recreativa de Margem, sem os quais não seria possível promover esta iniciativa», salientando ainda Praia Neves que os fundos angariados revertem a favor do Centro Social de Margem, que presta serviço de apoio domiciliário e centro de noite à comunidade.

O vice-presidente da Câmara de Gavião, António Manuel Severino, particularmente satisfeito com o sucesso desta iniciativa, lembra que «quando a Junta nos lançou este desafio, considerámos importante colaborar na dinamização destas Jornadas Gastronómicas, porque a freguesia tem um potencial enorme, tem muito que é preciso mostrar e foi o que tentámos fazer, trazendo a este espaço das Jornadas Gastronómicas o que as pessoas produzem e fazem a nível de artesanato, de produções tradicionais dos bolos ao mel ou aos enchidos...».
Depois e «na montagem do certame havia pessoas que referiam se soubessem teriam feito mais e que no próximo ano querem produzir mais, ou seja, as pessoas sentem-se valorizadas e é isso que fazia falta».
«Quanto ao evento em si, creio que superou as expectativas, reuniu muita gente nos dois dias, as pessoas gostaram - os naturais e os visitantes – e é isso o que mais importa», assume António Manuel Severino.
O presidente da Câmara, José Pio, mostrava-se também particularmente satisfeito com o sucesso desta iniciativa que valoriza os produtos, as pessoas e a terra.

Fonte: www.jornalaltoalentejo.com

Em Linha

Temos 48 visitantes e 0 membros em linha

Estatísticas

Acessos a Artigos
24295